domingo, 15 de junho de 2014

Ainda Sobre Métodos de Estudo



Hoje trago para vocês o método de estudo sugerido pelo Prof. Fábio Ribeiro Mendes no livro “A Formação do Hábito de Estudo”. É um método mais complexo, composto por 4 etapas  e, por isso, demanda mais tempo. Mesmo assim, acho válido compartilhar aqui com vocês, visto que tal método me parece ser bem eficiente.
O método é composto por 4 etapas: leitura panorâmica, marcação e sublinha, anotações e exercícios.

1 – Leitura Panorâmica
A primeira leitura do material deve ser abrangente e rápida, permitindo que se tenha uma expectativa em relação à extensão, grau de dificuldade e tempo estimado para o estudo. Leis os títulos, subtítulos, veja se há mapas, gráficos e figuras, analise a extensão do texto e nível de dificuldade da leitura. Esta etapa consiste em uma ligeira passada de olhos no texto, apenas para ter uma ideia do que virá.


2 – Marcação e Sublinha
Em um primeiro momento, é importante ler o texto de forma um pouco mais detida, mas ainda de forma rápida. Deve-se marcar os parágrafos importantes (que tragam definições, fatos cruciais, classificações, etc.) com uma chave ou um colchete. Após, deve-se passar à fase de sublinha. Nessa fase, deve-se reler o texto, desde o início, dando-se especial atenção aos parágrafos marcados e sublinhando-se as palavras-chave (atenção: evite sublinhar frases inteiras). Essas sublinhas irão direcionar como o estudante irá atuar na próxima fase.

3 – Anotações
Nessa fase, o estudante deve anotar, em uma página datada, tudo aquilo que foi sublinhado no texto. É importante que a página esteja datada, para que o estudante possa fazer uma revisão em ordem cronológica daquilo que estudou anteriormente. O objetivo das anotações é fixar o conhecimento obtido na leitura do texto e permitir que o aluno lembre-se da leitura do texto apenas consultando tais anotações.



4 – Exercícios
Esta etapa é a mais importante de todas. Primeiro porque é um método de estudo comprovadamente eficaz. Em segundo lugar, porque é o momento de testar se o estudo foi bem ou mal sucedido. No caso do Exame da OAB, é importante pegar questões de provas anteriores e ir resolvendo. Isso ajuda a criar familiaridade com a banca e o tipo de questão exigida por ela. Eu costumo estudar durante a semana e resolver questões no domingo.



Lembrando, como sempre, que regras de métodos de estudo não são universais. Cada um possui habilidades diferentes e, por isso, aprende de formas distintas. A melhor maneira de descobrir qual método de adapta melhor a sua personalidade é testando. Vá testando os vários métodos de estudo que você dispõe e veja qual dá mais resultado.

Bons estudos!!!
Caroline Boff Web Developer

Morbi aliquam fringilla nisl. Pellentesque eleifend condimentum tellus, vel vulputate tortor malesuada sit amet. Aliquam vel vestibulum metus. Aenean ut mi aucto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário